Confira nosso Folder

Nosso Folder

Lançamento no Brasil

Newsletter

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos.

Crianças e piscina: Diversão que pode se transformar em perigo

Com o período das férias chegando, a criançada dos condomínios tende a ficar cada vez mais nas piscinas aproveitando o verão e brincando com seus colegas. Acontece que esses momentos, que deveriam ser de diversão, podem acabar se transformando em verdadeiras tragédias.

Muitos casos de afogamentos e outros acidentes envolvendo crianças em acidentes já foram noticiados na mídia, alertando sobre o perigo que ronda as piscinas.

A maioria das crianças vão para as piscinas com a intenção de apenas brincar. É nesse inocência e na falta de de noção do perigo que alguns acidentes, mais especificamente afogamentos, podem acabar tirando a vida de quem utiliza a piscina.
É imprescindível a presença de um adulto na piscina quando a mesma estiver sendo utilizada por crianças. O responsável deverá sempre estar de olhos e abertos e a postos para agir assim que necessário.

É fato que a vida corrida nem sempre nos permite tirar um tempo para ficar de olho nas crianças. Uma solução seria uma organização entre os pais de modo que cada vez que, por exemplo, 5 filhos de diferentes pais forem à piscina, um responsável por qualquer uma das crianças vá. Assim, poderá haver um controle de horário e disponibilidade cabendo a quem estiver com mais tempo, ficar de olho nas crianças. O condomínio poderá realizar cursos gratuitos para os moradores sobre técnicas de primeiros socorros. Um kit de salvamento também pode ser útil.


O protetor solar é indispensável em todas as idades. Por mais ocasional que o uso da piscina possa ser, é necessário sempre passar protetor solar nas crianças, de preferência com o fator de proteção recomendado para cada indivíduo. Outro ponto seria evitar deixar que as crianças entrem na piscina logo após terem comido, sem ter tido o tempo mínimo recomendado para digestão.

O essencial é ficar de olho pois, em um momento de distração qualquer, o pior pode acontecer. Se todos os passos acima forem seguidos, é só aproveitar o sol, a piscina e se divertir!

Fonte: seucondominio.com.br